• FPAK tem novo site
  • Suíços, franceses e espanhóis no Drift de Pinhel
  • Os vencedores do CISET 4X4 no Couço
  • Campeonato de Portugal de Regularidade Histórica prossegue este fim-de-semana
  • Campeonato de Portugal de Perícias visita Castelo Rodrigo

Uma verdadeira prova de esforço em Alijó em mais uma jornada do CISET 4X4

Qua, 19 de Junho de 2019

Sanfins do Douro no Município de Alijó acolheu no passado fim-de-semana a edição de 2019 do CISET 4X4 Alijó 2019, a terceira prova do Challenge Ibérico Super Extreme Trial 4x4 2019 que reuniu nesta localidade do Alto Douro mais de duas dezenas de participantes de Portugal, Espanha e do Reino Unido (Gibraltar).

Os pilotos vitoriosos este fim-de-semana foram: Luís Silva na Classe Fun, Emanuel Luz na Promoção, Bruno Bastos na Proto e Adriano Santo na Super Proto.

A próxima prova do Campeonato decorre a 13 e 14 de Julho no Couço.

CLASSE FUN: TEAM BICHOS DO MATO CONSEGUE RESISTIR Á INVESTIDA ESPANHOLA.

Composta na sua maioria por equipas Espanholas, a lista de participantes na classe FUN tinha em Luis Silva da equipa Team Bichos do Mato o único representante de Portugal, sendo assim de prever que o mesmo iria ter muito trabalho para conseguir superar os seus rivais.

Isso mesmo ficou demonstrado no arranque da competição, o primeiro lugar provisório a ser ocupado por Juan Alperez da equipa Espanhola Club 4X4 Levanta Tapinos enquanto o Português ficava em segundo seguido de outro Espanhol em terceiro - Manuel Cazalla do Team Goca

Porem, se o setor de perícia foi bastante simples para todos, o mesmo não se pode dizer do setor de resistência que desta vez colocou todos fora de “combate” logo ao início. Surpreendidos pela dificuldade da pista, o melhor que estas equipas conseguiram foi dar uma volta á pista – Luís Silva, vencedor da classe ainda conseguiu fazer uma volta bastante aceitável, precisando de 14 minutos para cumprir todo o percurso, mas acabaria fora de prova na volta seguinte em sequência de um capotanço. Já Juan Alperez, segundo classificado precisou de 1h03m para completar uma única volta, pois estava a braços com problemas no seu carro.  Finalmente em terceiro Manuel Cazalla, que não consegui mesmo a conseguir completar uma volta.

CLASSE PROMOÇÃO:  EMANUEL LUZ INALCANSÁVEL VENCE COM  FACILIDADE

Emanuel Luz do Team Repower conquistou em Sanfins do Douro mais uma vitória para o seu palmarés, depois de mais uma prova onde esteve num nível bastante acima da concorrência, que apesar de tudo tem vindo a evoluir.

Também à semelhança do que aconteceu na classe FUN, o domínio dos Espanhóis em termos de número era notório, deixando Emanuel Luz sozinho na tarefa de defender as cores Portuguesas.

No setor de perícia, os três primeiros lugares foram todos eles ocupados por estrangeiros, com Pablo Castro  da equipa Traccion Bierzo a conseguir ser o mais veloz.  Em segundo ficou Manuel Fitz do Team Zapatito 4x4/Euro4x4parts/Mas 4x4/SBM 4x4 e finalmente em terceiro Fabian Pereira da equipa Gibextream que veio desde o "rochedo"(Gibraltar)  até Alijó para participar nesta prova.

Porém mal começou a resistência e logo o domínio dos estrangeiros depressa desapareceu nas nuvens de pó levantadas pelo Toyota de Emanuel Luz, que rapidamente ganhou uma grande vantagem aos demais, vantagem essa que se materializou numa vitória esmagadora, mesmo após o piloto ter reduzido muito o andamento e ter-se limitado a “cumprir calendário”.

O melhor dos “outros” foi o Espanhol Manuel Fitz,  cada vez mais habituado e adaptado ao CISET e que consegui realizar 9 voltas ao circuito e garantiu assim o segundo lugar final, na frente de Pablo Castro

CLASSE PROTO: BRUNO BASTOS (EXIGENTE TT) VENCE NO ALTO DOURO

A classe Proto foi uma das mais participadas e ao mesmo tempo das mais equilibradas. Apesar da dureza deste evento, a generalidade das equipas conseguiu resistir e manter em aberto a luta pelos primeiros lugares até ao final.

Na curta especial de perícia, Domingos Dinis da equipa Alçapões.pt foi o mais rápido com uma prestação exemplar. Oscar Barroso da equipa MatBarroso terminou logo a seguir em segundo e em terceiro ficava Paulo Amaro da equipa Burpizza/LM4/Fragoso & Filhos.

A prova de resistência foi disputada com um relativo equilíbrio entre os participantes, o que ainda assim não impediu uma reviravolta no que diz respeito às posições que as equipas ocupavam fruto das dificuldades que as equipas enfrentaram. Bruno Bastos foi quem teve a melhor prestação na prova, ao conseguir realizar 18 voltas ao traçado de Sanfins, terminando com uma vantagem de 2 voltas sobre o segundo classificado Oscar Barroso.  Em terceiro lugar, com 13 voltas cumpridas ficou Angelo Tiago, do Team Helder Tiago.

CLASSE SUPER PROTO:  ASH TEAM VENCE DEPOIS DE UMA BATALHA INTENSA COM BF-AUTOMÓVEIS.

A classe Super Proto foi aquela onde a disputa pela vitória foi mais acesa, com as equipas ASH Team e BF Automóveis a lutarem até pela vitória, com vantagem para a equipa Madeirense que conseguiu algum espaço para respirar depois do seu adversário ter tido problemas.

A prova não poderia ter corrido melhor a Adriano Santo, que venceu a perícia ficando na melhor posição para o arranque da resistência.  A curta distância e em segundo lugar ficava Rui Vieira – FPower/Nosso Talho e em terceiro Vitor Matos da equipa Base Branca 4X4.

Começado o setor de resistência,  era Vítor Matos que assumia a liderança, porém à quinta volta ficava fora de prova.    Também à quinta volta ficavam fora mais duas equipas, o Team  FPower/Nosso Talho de Rui Vieira e o Team Astutrial do Espanhol Mário Garcia que veio até Alijó para fazer a sua estreia no CISET.  A luta pela vitória ficava assim entregue a Adriano Santo e Bruno Sá que animaram muito a prova.  Mas como já dissemos atrás, o Team BF Automóveis (Bruno Sá) viria a sofrer problemas e deixou os seus adversários ganharem vantagem,  acabando por terminar a prova em segundo lugar com 12 voltas, menos 3 do que  os vencedores.  O ASH Team conquistou assim uma merecida mas muito trabalhosa vitória.  Em terceiro lugar ficaria Vítor Matos do Team Base Branca 4x4, que apesar de ter ficado com o mesmo número de voltas de dois dos seus adversários, havia sido o primeiro a conseguir alcançar essa marca.

Quanto às sub classes Super Proto Gasolina e Super Proto Diesel a vitória entre as viaturas equipadas com motor a gasolina foi alcançada por Adriano Santo enquanto nos Diesel o troféu de vencedor ficou para Bruno Sá.